A arquidiocese de Palmas no Tocantins foi criada em 27 de março de 1996, pela Bula Maior Spirituali por Papa João Paulo II, desmembrada das Dioceses de Miracema do Tocantins e de Porto Nacional, sendo instalada com a posse do primeiro arcebispo Dom Alberto Taveira Corrêa, no dia 31 de maio de 1996 . Em 20 de outubro de 2010 aconteceu a posse do atual arcebispo Dom Pedro Brito Guimarães.

Dados históricos a parte, vamos comemorar hoje as pessoas, afinal uma arquidiocese jovem em seus 21 anos , no estado mais jovem do Brasil é construída dia a dia com a força da fé e do trabalho das pessoas que se engajam,  dos sacerdotes que não param de labutar como bons representantes do Reino de Deus, arrebanhando e conduzindo seus fiéis nos momentos difíceis e nos momentos de festejo e que com força e perseverança caminham construindo os altares numa terra, onde ainda se levantam tendas e cavam-se poços.

Assim Dom Pedro Brito Guimarães foi inspirado a nos ensinar: “Somos habitantes de tendas, cavadores de poços e construtores de altares.”

Chegando em Palmas é certo se surpreender com a religiosidade do povo que constrói está cidade que vive seus 28 anos.

Terra de Missão?!

É o que dizem... basta observar para entender o porquê.

Então, encurtando a conversa; feliz aniversário Arquidiocese de Palmas; feliz aniversário à todo Clero, que constroem a obra de Deus neste chão de terra quente, as vezes a sombra do pequizeiro, ensinando seu povo a caminhar em direção ao Pai; feliz aniversário aos leigos, operários e sal da terra; feliz aniversário a todas as Comunidades, Religiosas, Movimentos, Pastorais e colaboradores.

Somos todos Arquidiocese de Palmas.

Fonte: Ascom Arquidiocese de Palmas