Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Últimas Notícias

                                                                Apostolado da Oração de Palmas se reúne com diretor nacional

Apostolado da Oração de Palmas se reúne com diretor nacional

No último sábado, 16, aconteceu o Encontro Arquidiocesano do Apostolado da Oração na Paróquia São João Batista e, pela primeira vez, o encontro recebeu o diretor nacional do movimento, padre Eliomar Ribeiro. O encontro foi motivado e articulado pelo arcebispo metropolitano de Palmas, Dom Pedro Brito, que também esteve presente. O padre Márcio Ferdinando, diretor espiritual arquidiocesano do Apostolado da Oração, falou sobre a motivação e o objetivo do encontro. “Esse encontro acontece hoje motivado pelo bispo Dom Pedro, que trouxe para nós uma alegria: conseguiu que o diretor nacional, padre Eliomar, viesse a Palmas por uma missão com o MEJ, Movimento Eucarístico Jovem. Aí o padre Eliomar tirou um tempo dessa missão e veio nos falar, veio com a presença de diretor nacional, orientar, formar e conduzir o Apostolado da Oração da Diocese”. Em Palmas, 12 paróquias contam com grupos do Apostolado da Oração. Padre Ferdinando também falou sobre como o Movimento contribui para a espiritualidade da comunidade. “É um Apostolado de Oração. A Igreja não existe sem oração. Uma paróquia que tem o Apostolado da Oração é uma paróquia viva em todas as suas outras manifestações pastorais porque todos os outros vão poder usufruir os frutos da oração daquele grupo que se reúne como verdadeiros apóstolos em ordem de batalha. Mas não empunhando armas, mas sim empunhando a fé no coração, que os move a amar e a rezar”. Durante o encontro, os grupos rezaram o Terço Mariano, e, em seguida, tiveram um bate papo com o diretor nacional do Apostolado, padre Eliomar Ribeiro. Ele fala sobre a missão do Movimento na Igreja do Brasil. “A missão do Apostolado desde quando nasceu, há 173 anos atrás, é ajudar a missão da Igreja com a oração. Por isso, a gente sempre, quando vai olhar na origem do movimento descobre que o apostolado é um movimento missionário. Qual é a missão? A oração. Através de um oferecimento diário, através da avaliação de vida todos os dias, através da oração da intenção do Papa de cada mês. Então, nós ajudamos a missão da Igreja. O Papa nos convida atualmente isso: uma mudança interior, uma mobilização interior para estar disponível para a missão da Igreja”. O diretor fala também sobre a importância da participação e compreensão dos jovens para renovação do movimento. “Nesses 170 anos de história, ele foi ficando um movimento muito envelhecido, com as nossas avós, e aí tem a cara delas; muitas vezes tem o jeito de ser delas. Então, quando os jovens vão compreendendo o movimento e elas também vão inserindo mais os jovens, o movimento vai se renovando. Ele não nasceu um movimento com adultos e nem com idoso, ele nasceu com os jovens. Na origem, estão os jovens. Claro que hoje nós temos a vertente, o grupo mais jovem, o braço jovem do Apostolado que é o Movimento Eucarístico Jovem, o MEJ. Mas em muitos lugares do mundo, o Apostolado está presente em 98 países e o MEJ está em 54. Então, há desproporção nesse sentido. Agora, muitos jovens hoje entram no Apostolado e vão de alguma forma rejuvelhecendo os próprios grupos envelhecidos do Apostolado da Oração. É preciso ir renovando, recriando, que é a palavra que o Papa tem pedido para o nosso movimento ultimamente. Gabriel Carvalho, de 24 anos, é presidente do grupo do Apostolado da Paróquia São João Batista, na Comunidade Nossa Senhora Aparecida, e secretário da Diretoria do Apostolado da Arquidiocese. Ele fala sobre a experiência no movimento. “Eu entrei no Apostolado através da minha avó, ela me criou desde pequeno e ela sempre foi do Apostolado da Oração. E com a experiência de ela me levar toda primeira sexta-feira pra Missa do Sagrado Coração de Jesus, eu admirei aquele jeito de ser Igreja – porque o Apostolado é uma expressão de ser Igreja também, porque na Igreja tem vários movimentos e pastorais –. E eu me apaixonei pelo Sagrado Coração de Jesus”. Arthur Soares, 13 anos, participa do Apostolado da Oração na Paróquia Nossa Senhora das Mercês, em Taquaralto, há dois anos. “Eu meu sinto bem porque... para as pessoas veem que não só pessoas da terceira idade que podem ser do Apostolado da Oração, até mesmo os mais jovens como eu, tenho 13 anos; possam participar também”. O encontro foi encerrado com a Celebração da Santa Missa, que foi presidida pelo diretor nacional do Movimento. Por Camila Soares Fotos: Camila Soares
Nenhuma notícia encontrada para a categoria!